ENGLISH

FRESH RSS

Espaços legais.









A Câmara de Lisboa colocou perto do Bairro Alto uma série de placas que são consideradas legais para pintar e fazer todo o tipo de arte de rua.

Os artistas têm um novo espaço para mostrar a sua arte.

Ao que parece, estas placas são as primeiras de uma série que a câmara colocará em vários locais de Lisboa.
Será que esta iniciativa fará com que as paredes se mantenham limpas?

Gostaríamos de saber a tua opinião. Deixa o teu comentário.

7 comentarios:

Anônimo disse...

Muito boa a proposta. Mas mesmo asi, o graffiti nao vai deixar de ser das ruas.
o ideal seria seguir expresandose, respeitando os predios historicos.
Pablo.

Anônimo disse...

valorizo oportunidade e visibilidade porpocionada aos artistas, mais um espaço para contaminar com arte urbana, mas não irá domesticar a arte de rua, a rebeldia, irreverencia e adrenalina que lhe está na essência n será oprimida.

Anônimo disse...

É de facto uma excelente iniciatica da CML. Deste modo os artistas de rua já se poderão expressar sem ter que o fazer de forma ilegal.
Assim temos a arte na ordem!!
É o que se quer, e é também um desfio para quem pinta na rua. Os artistas queixam-se que não têm espaços, e agora?

FROMtheCAVE disse...

É uma boa iniciativa por parte da C.M.Lisboa. Acho bem que dêm um bocado de valor a esta arte, que para mim é o maior movimento artistico de sempre. Mas o graffiti é uma arte da rua, onde vai haver sempre pessoal da rua envolvido, por isso acho que nunca vão conseguir domesticar, por mais iniciativas que haja. Também a piada, e o que mantêm este movimento vivo é o facto de ser um jogo, muita gente pinta como que se fosse o seu desporto radical. A adrenalina de pintar ilegal, e de conseguir atingir certos sitios vai sempre estar presente!
Ainda assim e mais uma vez digo, que acho esta iniciativa muito boa, como forma de diminuir os estragos no bairro alto.

Anônimo disse...

É uma optima iniciativa, pelo menos para mudar mentalidades.
Mas o vandalismo, ou a apropriação de espaço impróprio não vai acabar.
As paredes acabaram de ser limpas, e no fim de semana seguinte já estavam riscadas.
Placas é giro, mas não é parede. É preciso legalizar murais, paredes cinzentas e fachadas mortas da nossa cidade. É a única forma de prevenção ao vandalismo.

Vasco Pais disse...

Boa iniciativa!

Bruno Rosa disse...

Barcelona é um bom exemplo, são aproveitadas as portas de metal dos espaços (as portas de segurança) para serem pintadas... e é incrivel que a cidade está limpa e as portas, uma delicia. Se é possivel outras cidades maiores que Lisboa controlar aquilo que se confunde com grafitis - riscos e assinatura, vandalismo - em Lisboa também será, um dia. Basta haverem dinâmicas, espaços, oportunidades. Um placard pode ser diferente de uma parede, mas nao é impossível. Afinal, o graffiti nao cinge às paredes...

MANIFESTO

O que é ou não é arte?

Esta pergunta vem sendo respondida de formas diferentes desde há séculos. Nós, Pampero Fundación decidimos expressar a nossa, deixando o nosso testemunho.

Para ser um verdadeiro artista, são precisos anos de trabalho, estudo e dedicação, sem importar qual a escola, desde a universidade, até por vezes à própria rua. É a estes artistas, que queremos dar o nosso reconhecimento. Queremos colocar-lhes uma lupa, para que a arte que vemos todos os dias não passe despercebida.

Acreditamos que tanto o artista como a sua obra, muda, transforma-se, evolui, vive. É por isso que as obras do Museu Efémero durarão aquilo que tiverem que durar. Porque é esse o espírito.

Isto é apenas o começo. Pampero Fundación vai continuar a apoiar os artistas que estejam a crescer. Aqui e brevemente em todo o mundo. Quer sejam pinturas, fotografia, uma t-shirt, um livro ou uma instalação numa galeria.

Por isto criámos o primeiro Museu Efémero do mundo.

Como funciona

Para visitar o Museu Efémero, só precisas de imprimir o mapa que te permitirá saber onde estão as obras que fazem parte do museu, fazer download do audioguia e já está.

Estás pronto para saíres com o teu leitor de mp3 e conhecer tudo sobre os artistas do primeiro museu de arte efémera do mundo.

Uma boa ideia seria acompanhar o passeio com um Dirty Pampero bem gelado.

podcast download

mapa bairro alto

WALLPAPERS

OLD HEADERS


Header Novembro 2008


Header Outubro 2008


Header Setembro 2008


Header Agosto 2008


Header Julho 2008